Sábado, 28 de Maio de 2011

 

Consegui "capturar" dois dos meus Huskys que decidiram evadir-se da vidinha burguesa aqui da quinta. Até à pouco estava exausto e sujo de lama até ao meio das pernas - refiro-me aos joelhos. Depois de lhes dar banho e depois de tomar banho precisava de algo que ajudasse a controlar os nervos para não ter um daqueles esgotamentos tão comuns dos dias d'hoje - sim, é coisa de maricas, mas nunca se sabe.

 

Ainda jovem descobri o jazz através de Coltrane e Miles Davis, mas raras foram as vezes que senti "necessidade" de me aquecer nos sons do trompete e do sax. Hoje, lembrei-me de tentar "usar" a Diana como ansiolítico natural. Resultou. E não se verificaram efeitos secundários, com excepção de uma ligeira porção de nostalgia.

 

PS: O queijo e vinho ajudaram.



publicado por Marco Moreira às 22:13
 
redes e bio do autor

                                   

 

Bio de Marco Moreyra

pesquisar neste blog
 
ligações