Quarta-feira, 06 de Abril de 2011

«A última coisa que Portugal precisa é a subida das taxas de juro e os  efeitos que se poderão reflectir na valorização do Euro», um aviso a ter em conta por parte de uma das maiores gestoras de fundos americana, a PIMCO. Para além de dar quase como certa a intervenção em Portugal, alerta para novas preocupações em relação à situação económica da Irlanda e da Grécia.

 

Mais cedo ou mais tarde o Banco Central Europeu terá necessidade de olhar com mais realismo para as fragilidades dos países periféricos e aceitar que a Grécia, Irlanda e Portugal irão mesmo enfrentar desafios sem precedentes.

 

Entretanto, talvez seja boa ideia repensar o programa que está a ser aplicado à Grécia. Claramente este não está a funcionar.



publicado por Marco Moreira às 14:35
 
redes e bio do autor

                                   

 

Bio de Marco Moreyra

pesquisar neste blog
 
ligações